Descolamento de Retina

O que é?
A retina é uma membrana muito fina, flexível e delicada que reveste a superfície interna da parte posterior do globo ocular. Nela existem receptores sensíveis à luz (fotossensíveis) que convertem a imagem luminosa advinda do exterior em impulsos elétricos que, através do nervo ótico, são enviados para área do cérebro em que se processa a visão. A retina não possui nenhum elemento de fixação especial que a prenda ao globo ocular. A estrutura que a mantém em seu lugar chama-se vítreo, uma substância gelatinosa e transparente, situada entre ela e o cristalino. Em sua posição normal anatômica, a retina permanece em contato com outras estruturas que lhe garantem suporte e nutrição (vasos sanguíneos e nutrientes). O Descolamento de Retina consiste na separação da retina e da parede do fundo do olho.

Quais são as causas?
O diabetes, alta miopia e trauma aumentam as chances para o descolamento de retina. Pessoas com mais de 50 anos, que sofreram lesões graves nos olhos, ou com histórico familiar dessa patologia estão mais propensas à doença.

Como tratar?
A maioria dos descolamentos de retina requer cirurgia para reposicionamento da retina ao fundo do olho. Há vários métodos utilizados e o tipo de cirurgia depende do tipo e extensão do descolamento. É importante ressaltar que o descolamento da retina é uma urgência médica. Se não for tratado convenientemente e depressa, pode evoluir para perda total da visão.

CONSULTA POPULAR (21) 2189-9333 | ATENDIMENTO SUS (21) 2189-9344